Práticas de Contabilidade Gerencial, Cultura Nacional e Imigração: Um Estudo com Pequenos e Médios Empresários Orientais Instalados no Brasil

Autores

  • Isnaldo Souza Bonfim Universidade Federal de Pernambuco
  • Cláudio de Araújo Wanderley

DOI:

https://doi.org/10.17524/repec.v15i2.2764

Palavras-chave:

Contabilidade Gerencial; Cultura Nacional; Imigração; Pequenas e Médias Empresas.

Resumo

Objetivo: Levando em consideração a crescente imigração de orientais, em diversos países inclusive o Brasil, a presente pesquisa tem por objetivo analisar se as práticas e a importância dada a ferramentas de contabilidade gerencial adotadas por pequenos e médios empresários Chineses instalados no Brasil se diferenciam dos Brasileiros.

Método: Foi aplicado um questionário em 131 empresas sendo 68 empresas de empresários Chineses instalados no Brasil e 63 empresas de empresários Brasileiros.

Resultados: Identificou-se que os Brasileiros utilizam com maior frequência e dão mais importância aos grupos de ferramentas de contabilidade gerencial analisados. Sobre a importância dada as ferramentas de contabilidade gerencial os testes das hipóteses foram significativos para todos os quatro grupos: orçamento, avaliação de desempenho, informações para tomadas de decisões e controle e avaliação financeira. Tratando-se de frequência de uso os testes das hipóteses foram significativos em 3 grupos: orçamento, informações para tomadas de decisões e controle e avaliação financeira e não foi significativo para avaliação de desempenho.

Contribuições: A pesquisa contribui para o melhor entendimento sobre a utilização e importância que pequenos e médios empresários dão a contabilidade gerencial no contexto de imigração.

Biografia do Autor

Cláudio de Araújo Wanderley

Dr em Management Accounting

Referências

Abdel-Kader, M., & Luther, R. (2006). Management accounting practices in the British food and drinks industry. British Food Journal, 108(5), 336-357.
Armitage, H. M., Webb, A., & Glynn, J. (2016). The use of management accounting techniques by small and medium‐sized enterprises: A field study of Canadian and Australian practice. Accounting Perspectives, 15(1), 31-69.
Baskerville-Morley, R. F. (2005). A research note: The unfinished business of culture. Accounting, Organizations and Society, 30(4), 389-391.
Chan, A., & Cheung, H. Y. (2012). Cultural dimensions, ethical sensitivity, and corporate governance. Journal of Business Ethics, 110(1), 45-59.
Davila, A., & Foster, G. (2007). Management control systems in early-stage startup companies. The accounting review, 82(4), 907-937.
Gray, S. J. (1988). Towards a theory of cultural influence on the development of accounting systems internationally. Abacus, 24(1), 1-15.
Guerreiro, R., Frezatti, F., & Casado, T. (2006). Em busca de um melhor entendimento da contabilidade gerencial através da integração de conceitos da psicologia, cultura organizacional e teoria institucional. Revista Contabilidade & Finanças, 17, 7-21.
Harrison, G. L. (1993). Reliance on accounting performance measures in superior evaluative style - the influence of national culture and personality. Accounting, Organizations and Society, 18(4), 319-339.
Harrison, G. L., & Mckinnon, J. L. (1999). Cross-cultural research in management control systems design: A review of the current state. Accounting, Organizations and Society, 24(5), 483-506.
Hofstede, G. (2001). Culture's Consequences: comparing values, behaviors, institutions, and organizations across nations. (2nd ed.). Thousand Oaks: Sage.
Kanagaretnam, K., Lim, C. Y., & Lobo, G. J. (2013). Influence of national culture on accounting conservatism and risk-taking in the banking industry. The Accounting Review, 89(3), 1115-1149.
Malmi, T., Bedford, D. S., Brühl, R., Dergård, J., Hoozée, S., Janschek, O., et al. (2020). Culture and management control interdependence: An analysis of control choices that complement the delegation of authority in Western cultural regions. Accounting, Organizations and Society, (In press).
Nabar, S., & Thai, B. (2007). Earnings management, investor protection, and national culture. Journal of International Accounting Research, 6(2), 35–54.
O'Connor, N. G. (1995). The influence of organizational culture on the usefulness of budget participation by Singaporean-Chinese managers. Accounting, Organizations and Society, 20(5), 383-403.
Radebaugh, L. H., Gray, S. J., & Black, E. L. (2006). International accounting and multinational enterprises. New York, NY: John Wiley & Sons.
Salter, S. B., & Niswander, F. (1995). Cultural influence on the development of accounting systems internationally: A test of Gray's [1988] theory. Journal of international business studies, 26(2), 379-397.
Yoo, B., Donthu, N., & Lenartowicz, T. (2011). Measuring Hofstede's five dimensions of cultural values at the individual level: Development and validation of CVSCALE. Journal of International Consumer Marketing, 23(3-4), 193-210.

Publicado

2021-07-01

Como Citar

Souza Bonfim, I., & Wanderley, C. de A. (2021). Práticas de Contabilidade Gerencial, Cultura Nacional e Imigração: Um Estudo com Pequenos e Médios Empresários Orientais Instalados no Brasil. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 15(2). https://doi.org/10.17524/repec.v15i2.2764

Edição

Seção

Artigos