Fatores que Influenciam a Utilização de Sistemas de Monitoramento E-Government no Brasil

  • Jusceliany Rodrigues Leonel Correa Fucape Business School
  • Valcemiro Nossa Fucape Business School
Palavras-chave: .

Resumo

Nas últimas décadas, a partir do uso de tecnologias de comunicação e informação, esferas governamentais de diversos países vêm ampliando a abertura e transparência em suas ações para, consequentemente, reduzir a corrupção. Nesse sentido, este estudo objetiva compreender os fatores que influenciam a utilização dos sistemas de monitoramento e-Government no Brasil. Aplicou-se um questionário estruturado a 377 contadores brasileiros usuários do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Tomou-se como base o modelo de Chen et al. (2006), o qual aponta fatores que influenciam o uso do e-Government nos Estados Unidos e China. Os resultados confirmam que, tal como verificado nestes países, no Brasil, a utilização do SPED está sujeita a aspectos que interferem diretamente no nível de dificuldade dos usuários, quais sejam, fatores de infraestrutura (acesso a rede e economia em rede), culturais (cultura nacional) e sociais (disponibilidade de informação). Com as inúmeras mudanças no universo de tecnologias de e-Government, compreender o comportamento de seus usuários fornece subsídios a empresas, profissionais e governos para decidir quanto ao investimento em ferramentas e melhorias que deve ser feito nesses sistemas.

Publicado
02-10-2019
Como Citar
Correa, J. R. L., & Nossa, V. (2019). Fatores que Influenciam a Utilização de Sistemas de Monitoramento E-Government no Brasil. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 13(3). https://doi.org/10.17524/repec.v13i3.1989
Seção
Artigos