Caso de Ensino: A Alocação de Custos Conjuntos em Processos com Múltiplos Pontos de Separação na Refinaria Fluminense S.A.

  • Raphael da Fonseca Universidade Federal do Rio de Janeiro (FACC/UFRJ)
  • Moacir Sancovschi Universidade Federal do Rio de Janeiro (FACC/UFRJ)
Palavras-chave: Processos de produção conjunta, Alocação de custos conjuntos, Múltiplos pontos de separação, Refinarias de petróleo

Resumo

O caso da Refinaria Fluminense S. A. tem por objetivo ilustrar a operação de uma refinaria de petróleo e os desafios que contadores e administradores enfrentam para apurar os custos dos derivados do petróleo, avaliar estoques, apurar o resultado das operações das refinarias e analisar decisões de continuar processando produtos individuais para aumentar seu valor agregado. Ele foi concebido para ser discutido nas disciplinas de Contabilidade Gerencial ou de Custos nos cursos de graduação e de pós-graduação em Ciências Contábeis, Administração e Engenharia de Produção. A narrativa tem início com a informação de que os acionistas estão exigindo que a administração tome providências para aumentar a rentabilidade da empresa. Ao analisar a rentabilidade dos produtos fabricados e comercializados, os administradores se dão conta de que não compreendem suficientemente bem a distribuição e o comportamento dos custos dos produtos. Convencidos da importância dessas informações, os administradores decidem contratar um especialista em custos, que promete sanar suas dúvidas e ajudá-los a analisar as decisões que terão que tomar para atender aos anseios dos acionistas. Pede-se, então, que os alunos assumam o papel do especialista e desenvolvam as questões propostas. Uma das mais relevantes contribuições do caso é que ele proporciona a oportunidade para os alunos confrontarem as exposições estilizadas dos livros-textos com as condições encontradas nas empresas. Isso se dá, especificamente, no caso da aplicação do método do valor realizável líquido em processos com múltiplos pontos de separação, um caso raramente comentado na grande maioria dos livros.

Biografia do Autor

Raphael da Fonseca, Universidade Federal do Rio de Janeiro (FACC/UFRJ)
Mestrando em Ciências Contábeis pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FACC/UFRJ)
Moacir Sancovschi, Universidade Federal do Rio de Janeiro (FACC/UFRJ)
D. Sc. em Administração pela COPPEAD/ UFRJ e Professor Departamento de Contabilidade e Curso de Mestrado e Doutorado em Ciências Contábeis da FACC/UFRJ

Referências

Backer, M. & Jacobsen, L.E. (1974). Contabilidade de custos: um enfoque para Administração de Empresas. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil.

Cashin, J. A. & Polimeni, R. S. (1981). Cost accounting. New York: McGraw-Hill.

Comitê de Pronunciamentos Contábeis (2011). Pronunciamento Conceitual Básico (R1): Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil - Financeiro Brasília.

_______ (2013). Pronunciamento Técnico CPC 16 (R1) – Estoques - Brasília.

Hansen, D. R. & Mowen, M. M. (2001). Gestão de custos. São Paulo: Pioneira Thompson Learning.

Horngren, C. T. (1972). Cost accounting: a managerial emphasis. (3rd. Ed.). Englewood Cliffs: Prentice Hall.

Horngren, C. T. & Foster, G. (1987). Cost accounting: a managerial emphasis. (6th. Ed.). Englewood Cliffs: Prentice Hall.

Horngren, C. T.; Foster, G. & Datar, S. M. (2000). Cost accounting: a managerial emphasis. (10th. Ed.). Englewood Cliffs: Prentice Hall.

Horngren, C. T.; Datar, S. M. & Rajan, M. V. (2012). Cost accounting: a managerial emphasis. (14th. Ed.). Englewood Cliffs: Pearson Prentice Hall.

Horngren, C. T.; Datar, S. M. & Rajan, M. V. (2015). Cost accounting: a managerial emphasis. (15th. Ed.). Englewood Cliffs: Pearson Prentice Hall.

Jiambalvo, J. (2009). Managerial accounting. (4th. ed.). Jonh Wiley & Sons.

Kaplan, R. S. (2007) Sippican corporation (A) and (B) – teaching note. Harvard Business School, 5-107-085, 14 p.

Lazzarini, W. (2005). Relatório de Impacto sobre o Meio Ambiente – Rima para modernização da Replan - Refinaria de Paulínia, Paulínia (SP) – Elaborado por Walter Lazzarini Consultoria Ambiental. São Paulo, SP, Brasil. Recuperado em 6 de julho, 2015, de http://www.comitepcj.sp.gov.br/download/Replan-RIMA_Fase_II.pdf.

Lowenthal, F. (1986). Multiple Splitoff Points. Issues in Accounting Education. Fall 86(1) Issue 2, pp. 302 a 7.

Maher, M. (2001). Contabilidade de Custos: criando valor para a administração. (5ª ed.). São Paulo: Atlas.

Martins, E. (2003). Contabilidade de custos. (9ª ed.) São Paulo: Atlas.

Shillinglaw, G. (1982). Managerial cost accounting. (5th ed.). Homewood: Irwin.

Publicado
25-05-2017
Como Citar
da Fonseca, R., & Sancovschi, M. (2017). Caso de Ensino: A Alocação de Custos Conjuntos em Processos com Múltiplos Pontos de Separação na Refinaria Fluminense S.A. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 11(2). https://doi.org/10.17524/repec.v11i2.1536
Seção
Casos de Ensino em Contabilidade