Problem-Based Learning no Ensino de Contabilidade Gerencial: Relato de uma Experiência Brasileira

  • Daiana Bragueto Martins Professora da Universidade Estadual de Londrina – UEL
  • Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo Professora da Universidade Federal do Paraná – UFPR
  • Fábio Frezatti Professor Titular da Universidade de São Paulo – USP
Palavras-chave: Problem-Based Learning, Contabilidade Gerencial, Competências do Contador Gerencial.

Resumo

A presente pesquisa teve por objetivo relatar a operacionalização do método PBL em uma disciplina Contabilidade Gerencial no curso de Ciências Contábeis de uma Instituição de Ensino Superior brasileira. A técnica de pesquisa utilizada foi o estudo de caso que envolveu uma abordagem descritiva das aulas de PBL, cujo propósito foi apresentar as propriedades das aulas, a forma de agir e o perfil dos discentes e dos professores. A pesquisa de campo ocorreu em 2013. A coleta de dados é proveniente das entrevistas realizadas com professores, da observação participante e da análise documental. A análise empírica da presente pesquisa teve por alicerce os estudos de Araújo e Arantes (2009), Dochy, Segers, Bossche e Gijbels (2003), Duch, Groh e Allen (2001), MacDonald e Savin-Baden (2004), Ribeiro (2008), Schmidt (1983), Sockalingam e Schimidt (2011), entre outros. Os resultados evidenciam que a integração entre os acadêmicos e as empresas a partir da utilização dos problemas práticos e reais trazidos pelos alunos do ambiente de trabalho proporciona ganhos, tais como: o discente amplia o potencial de resolução de problemas de ordem prática e profissional; e a empresa é beneficiada, tendo em vista que poderá receber, futuramente, profissionais qualificados, aptos à pesquisa e à proposição de solução de problemas. Os professores também ganham, pois são expostos a um ambiente contemporâneo, que proporcionam maior atualização em termos de utilização de conceitos e teorias, devido a sua contextualização. O PBL ajuda a abarcar os estudantes da geração Y, tendo em vista que o desejo de participação e comunicação em ambiente interativo com utilização de ferramentas tecnológicas são as grandes marcas dessa geração. Constatou-se que as competências desenvolvidas na abordagem do PBL são similares àquelas exigidas do contador gerencial.

Biografia do Autor

Daiana Bragueto Martins, Professora da Universidade Estadual de Londrina – UEL
Doutoranda em Controladoria e Contabilidade pela USP
Márcia Maria dos Santos Bortolocci Espejo, Professora da Universidade Federal do Paraná – UFPR
Doutora em Controladoria e Contabilidade pela USP
Fábio Frezatti, Professor Titular da Universidade de São Paulo – USP
Doutora em Controladoria e Contabilidade pela USP

Referências

Accounting Education Change Commission (AECC). (1990). Objectives of education for accountants: position and issue statement number one. Issues in Accounting Education, 5(2), pp. 307–312. Recuperado em 7 novembro, 2013 de http://www2.aaahq.org/aecc/pdf/position/pos1.pdf

American Institute of Certified Public Accountants (AICPA). (2005) Personal Competencies. Ney York. Recuperado em 7 novembro, 2013 de http://www.aicpa.org/InterestAreas/AccountingEducation/Resources/DownloadableDocuments/Personal%20Competencies.docx

Araújo, U. F. & Arantes, V. A. (2009). Comunidade, conhecimento e resolução de problemas: o projeto acadêmico da USP Leste. In U. F. Araújo & G. Sastre (Orgs.). Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior. (pp. 101-122). São Paulo: Summus.

Benjamin Junior, V., & Casa Nova, S. P. C. (2012). Teoria da complexidade e contabilidade: estudo da utilização da aprendizagem baseada em problemas como abordagem complexa no ensino de contabilidade. Anais Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, São Paulo, SP, Brasil, 12. Recuperado em 24 julho, 2014 de http://www.congressousp.fipecafi.org/artigos122012/719.pdf.

Brasil. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 23 dez. 1996.

Brasil. Resolução CNE/CES nº 10, de 16 de dezembro de 2004. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Brasília, DF, 28 dez. 2004.

Breton, G. (1999). Some empirical evidence on the superiority of the problem-based learning (PBL) method. Accounting Education: an International Journal, 8(1), pp. 1-12. doi.org/10.1080/096392899331008

Bryman, A. (2012). Social research methods. 4th ed. New York: Oxford University Press.

Cardoso, R. L., Mendonça Neto, O. R. & Oyadomari, J. C. (2010). Os Estudos internacionais de competências e os conhecimentos, habilidades e atitudes do contador gerencial brasileiro: análises e reflexões. Brazilian Business Review, 7(3), pp.91-113. Recuperado em 24 julho, 2014 de http://www.spell.org.br/documentos/download/7818

Cardoso, R. L.; Riccio, E. L.; Mendonça Neto, O. R. & Oyadomari, J. C. (2010). Entendendo e explorando as competências do contador gerencial: uma análise feita pelos profissionais. Advances in Scientific and Applied Accounting, 3(3), pp. 353-371. Recuperado em 24 julho, 2014 de http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-06/index.php/ASAA/article/view/ 1778

Decker, I. R., & Bouhuijs, P. A. J. (2009). Aprendizagem baseada em problemas e metodologia da problematização: identificando e analisando continuidades e descontinuidades nos processos de ensino aprendizagem. In U. F. Araújo & G. Sastre (Orgs.). Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior. (pp. 177-2014). São Paulo: Summus.

Dochy, F., Segers, M., Bossche, P., & Gijbels, D. (2003). Effects of problem-based learning: a meta-analysis. Learning and Instruction, 13, pp. 533-568. doi.org/10.1016/S0959-4752(02)00025-7

Duch, B. J., Groh, S. E., & Allen, D. E. (2001). Why problem-based learning? A case study of institutional change in undergraduate education. In B. J. Duch, S. E. Groh, & D. E. Allen. The power of problem-based learning: a practical “how to” for teaching undergraduate courses in any discipline. (pp. 3 -12). Virginia: Stylus Publishing.

Enemark, S. & Kjaersdam, F. (2009). A ABP na teoria e na prática: a experiência de Aalborg na inovação do projeto no ensino universitário. In U. F. Araújo & G. Sastre (Orgs.). Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior. (pp. 17-42). São Paulo: Summus.

Escrivão Filho, E., & Ribeiro, L. R. C. (2008). Inovando no ensino de administração: uma experiência com a Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL). Cadernos EBAPE, número especial, (pp. 1-9). Recuperado em 24 julho, 2014 de http://www.scielo.br/pdf/cebape/v6nspe/v6nspea04.pdf

Frezatti, F.; Silva, S. C. (2014). Prática versus incerteza: como gerenciar o estudante nessa tensão na implementação de disciplina sob o prisma do PBL? Revista Universo Contábil, 10, pp.28-46. doi.org/10.4270/ruc.2014102

Frezatti, F., Martins, D. B., Borinelli, M. L., & Espejo, M. M. S. B. (2014) Análise do desempenho de alunos na perspectiva do CHA em disciplina utilizando PBL: o que significa a síntese? Anais Congresso USP de Controladoria e Contabilidade, São Paulo, SP, Brasil, 14. Recuperado em 24 julho, 2014 de http://www.congressousp.fipecafi.org/web/ artigos142014/375.pdf

Hansen, J. D. (2006). Using problem-based learning in accounting, Journal of Education for Business, 81(4), pp. 221-224. doi.org/10.3200/JOEB.81.4.221-224

Hmelo-Silver, C. E. (2004, September). Problem-based learning: what and how do students learn? Education Psychology Review, 16(3), pp. 235-266. doi.org/10.1023/B:EDPR.0000034022.16470.f3

Institute Of Chartered Accountants (ICA). (2009). Professional Accreditation Guidelines for Higher Education Programs. October, Australia. Recuperado em 7 novembro, 2013 de http://kecheng.lut.cn/upload/20110502/2011050212335826.pdf

Internation Federation of Accountants (IFAC). (2012). Proposed International Education Standard (IES) 3: initial professional development - professional skills (revised). Exposure Draft. August. New York: International Accounting Education Standards Board (IAESB). Recuperado em 7 novembro, 2013 de https://www.ifac.org/publications-resources/ies-3-initial-professional-development-professional-skills-revised.

Johnstone, K. M, & Biggs, S. F. (1998). Problem-Based learning: introduction, analysis and accounting curricula implications. Journal of Accounting Education, 5(3/4), pp.407-427. doi.org/10.1016/S0748-5751(98)00026-8.

Kanet, J. J.& Barut, M. (2003). Problem-Based Learning for Production and Operations Management. Decision Sciences Journal of Innovative Education, 1(1), pp. 99-118. doi.org/10.1111/1540-5915.00007

MacDonald, R. & Savin-Baden, M. (2004). A briefing on assessment in problem-based learning. LTSN Generic Centre, Series n. 13. Recuperado em 24 janeiro, 2015 de https://www.heacademy.ac.uk/sites/default/files/id349_a_briefing_on_assessment_in_problembased_learning.pdf

Manaf, N. A. A., Ishak, Z., & Hussin, W. N. W. (2011). Application of problem-based learning (PBL) in a course on financial accounting principles . Malaysian Journal of Learning and Instruction. 8, pp.21-47. Recuperado em 24 janeiro, 2015 de http://mjli.uum.edu.my/images/pdf/8mjli/mjli82application.pdf

Martins, D. B., & Espejo, M. M. S. B. (2015). Problem Based Learning – PBL no ensino de contabilidade: guia orientativo para professores e estudantes da nova geração. São Paulo: Atlas.

Martins, D. B., Espejo, M. M. S. B., & Frezatti, F. (2014) Avaliação de habilidades e de atitudes em abordagem de problem based learning no ensino de controle gerencial. Anais do Congresso da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, VIII. Recuperado em 24 janeiro, 2015 de http://congressos.anpcont.org.br/congressos-antigos/viii/images/74_39c94.pdf?201504291 14417

Milne, M. J., & McConnell, P. J. (2001). Problem-based learning: a pedagogy for using case material in accounting education. Accounting Education: An International Journal, 10(1), pp.61-82. doi.org/10.1080/09639280122712

Park, S H. (2006). Impact of Problem-Based Learning (PBL) on teachers’ beliefs regarding technology use.Tese de doutorado em Filosofia, Faculty of Purdue University, West Lafayette, Indiana

Pinheiro, M. M., Sarrico, C. S. & Santiago, R. A. (2011a). Competências de autodesenvolvimento e metodologias PBL num curso de contabilidade: perspectivas de alunos, docentes, diplomados e empregadores. Revista Lusófona de Educação, 17, pp.147-166. Recuperado em 13 outubro, 2013 de http://www.scielo.mec.pt/pdf/rle/n17/n17a10.pdf

Pinheiro, M. M., Sarrico, C. S. & Santiago, R. A. (2011b, set./dez.). Como os acadêmicos se adaptam a um ensino baseado em PBL numa licenciatura tradicional em contabilidade. Revista de Contabilidade e Organizações. 5(13), pp.109-131. Recuperado em 13 outubro, 2013 de http://www.rco.usp.br/index.php/rco/article/view/321

Ribeiro, L. R. C. (2008). Aprendizagem baseada em problemas (PBL): uma experiência no ensino superior. São Carlos: EdUFSCar.

Rodrigues, E. A., & Araújo, A. M. P. (2007). O ensino da contabilidade: aplicação do método PBL nas disciplinas de contabilidade em uma instituição de ensino superior particular. Revista de Educação, 10(10), pp.166-176. Recuperado em 13 outubro, 2013 de http://www.pgsskroton.com.br/seer/index.php/educ/article/view/2150/2047

Savery, J. R. (2006). Overview of problem-based learning: definitions and distinctions. Interdisciplinary Journal of Problem-based Learning. 1(1), pp.9-20. doi.org/10.7771/1541-5015.1002.

Schmidt, H. G. (1983). Problem-based learning: rationale and descriptions. Medical Education, 17, pp.11-16. doi.org/10.1111/j.1365-2923.1983.tb01086.x

Silva, C. S. (1992). Medidas de avaliação em educação. Petrópolis: Vozes.

Siqueira, J. R. M., Siqueira-Batista, R., Morch, R. B., & Siqueira-Batista, R. (2009, jul./set.). Aprendizagem baseada em problemas: o que os médicos podem ensinar aos contadores. Revista Contabilidade Vista & Revista, 20(3), pp.101-125. Recuperado em 13 outubro, 2013 de http://revistas.face.ufmg.br/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view/652/ 420

Soares, M. A., & Araújo, A. M. P. (2008). Aplicação do método de ensino Problem-Based Learning (PBL) no curso de Ciências Contábeis: um estudo empírico. Anais do Congresso da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Salvador, BA, Brasil, 2. Recuperado em 13 outubro, 2012 de https://www.furb.br/especiais/download/879756-215326/epc%20045%20-%20index3.php.pdf.

Sockalingam, N., & Schmidt, H. G. (2011, spring). Characteristics of problems for problem-based learning: the students’ perspective. Interdisciplinary Journal of Problem-based Learning, 5(1), pp.6-33. doi.org/10.7771/1541-5015.1135.

Stake, R. E. (1995). The art of case study research. New York: Sage Publication, Inc.

Stanley, T., & Marsden, S. (2012). Problem-based learning: does accounting education need it? Journal of Accounting Education, 30, pp.267-289. doi.org/10.1016/j.jaccedu.2012.08.005.

Wilkin, C. L., & Collier, P. A. (2009). A problem-based approach to accounting education: A pragmatic appraisal of a technologically enabled solution. International Journal of Education and Development using Information and Communication Technology (IJEDICT), 5(2), pp.49-6. Recuperado em 14 agosto, 2013 de http://ijedict.dec.uwi.edu/viewarticle.php?id=658&layout=html

Wood, D. F. (2003). ABC of learning and teaching in medicine: problem-based learning British Medical Journal (BMJ), 326, pp.328-330. doi.org/10.1136/bmj.326.7384.328

Yin, R. K. (2001). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.

Publicado
26-01-2016
Como Citar
Martins, D. B., Espejo, M. M. dos S. B., & Frezatti, F. (2016). Problem-Based Learning no Ensino de Contabilidade Gerencial: Relato de uma Experiência Brasileira. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 9(4). https://doi.org/10.17524/repec.v9i4.1340
Seção
Artigos