ESTRATÉGIA DE INVESTIMENTOS BASEADA EM ACIDENTES AÉREOS: HÁ RETORNOS ANORMAIS?

  • Marcos Rosa Costa Fucape Business School
  • Fernando Caio Galdi Professor da Fucape Business School
  • Silvania Neris Nossa Fucape Business School
Palavras-chave: Acidentes Aéreos, Estudo de Eventos, Estratégia de Investimentos, Retorno Anormal e Retorno normal.

Resumo

O presente trabalho buscou investigar se uma estratégia de investimentos baseada em acidentes aéreos geraria retornos anormais. Foi feito um estudo de eventos, considerando-se todos os acidentes aéreos ocorridos no período de 1998 a 2009 e os dados das companhias aéreas e dos fabricantes das respectivas aeronaves que possuíam ações negociadas nas bolsas de valores, quando da ocorrência do evento. Os testes realizados se basearam no modelo de Campbel, Lo e Mackinlay (1997), para definição de retornos anormais, por meio de uma regressão linear entre o retorno das ações dessas empresas e o retorno do portfólio de mercado utilizado como benchmark. Assim, foi possível projetar os retornos futuros esperados para as ações das companhias aéreas e fabricantes e compará-los aos resultados efetivamente obtidos na ocorrência do evento. O resultado obtido sugere que uma estratégica de investimentos baseada em acidentes aéreos seria viável e que retornos anormais poderiam ser obtidos no período imediatamente posterior um acidente aéreo.

Biografia do Autor

Marcos Rosa Costa, Fucape Business School
Mestre em Ciências Contábeis (Fucape)
Fernando Caio Galdi, Professor da Fucape Business School
Doutor em Controladoria e Contabilidade (USP)
Silvania Neris Nossa, Fucape Business School
Doutoranda em Ciências Contábeis e Administração (Fucape)

Referências

Barberis, N., Shleifer, A. & Vishny, R. A. (1998, setembro). Model of Investor Sentiment. Journal of Financial Economics, 49(3), 307-343.

Barberis, N.; Thaler, R. H. (2002). A Survey of Behavioral Finance. Recuperado em 12 julho, 2009 de http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=327880.

Baker, M., & Wurgler, J. (2006). Investor sentiment and the cross-section of stock returns. Journal of Finance, 61(4), 1645-1680. DOI: 10.1111/j.1540-6261.2006.00885.x

Baker, M., & Wurgler, J. (2007). Investor sentiment in the stock market. Journal of Economic Perspectives, 21(2), 129–151.

Campbell, J. Y., LO, A. W., & Mackinlay, A. C. (1997). The econometric of financial markets (611 p.) New Jersey: Princeton University Press.

Daniel, K., Hirshleifer, D., & Subrahmanyam, A. (1998, dezembro). Investor Psychology and Security Market Under- and Overreactions. The Journal of Finance, 53(6), 1839-1885.

Flannagan, J., & Sivak, M. (2004). Consequences for road traffic fatalities of the reduction in flying following September 11, 2001 Transportation Research: Part F, 7(4/5), 301-305.

Gigerenzer, G. (2004). Dread risk, September 11, and fatal traffic accidents. Psychological Science, 15(4), 286–287.

Kaplanski, G., & Levy, H. (2010). Sentiment and Stock Prices: The case of aviation disasters. Jounal of Financial Economics, 95(2), 174-201.

Stephan, D., Levine, D. M. & Krehbiel T. C. (2005). Estatística: Teoria e Aplicações Usando o Microsoft Excel em Português (3a ed., 819 p.). Rio de Janeiro: LTC.

Mackinlay, A. C. (1997, março). Event Studies in Economics e Finance. Journal of Economics Literature, 35(1), 13-39.

Martinez, A. L. (2004). Analisando os Analistas: estudo empírico das projeções de lucros e das recomendações dos analistas de mercado de capitais para as empresas brasileiras de capital aberto. Tese doutoral, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, SP, Brasil.

Mcwilliams, A., & Siegel, D. (1997, junho). Event Studies in Management: Theorical and Empirical Issues. The Academy of Management Journal, 40(3), 626-657.

Nakayasu, G. N. (2006). O impacto do anúncio e da adesão das ações aos níveis diferenciados de governança corporativa no Brasil. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Prabhala, N. R. (1997, spring). Conditional Methods in Event Studies and Equilibrium Justification for Standard Event-Study Precedures. The Review of Financial Studies, 10(1), 1-38.

Ross, S. A., Westerfield, R. W., & Jaffe, J. F. (2007). Administração Financeira: corporate finance. (2nda. ed., 777 p.) São Paulo: Atlas.

Wright, P., Ferris, S. P., Hiller, J. S., & KROLL, M. (1995). Competitiveness Through Management of Diversity: Effects on Stock Price Valuation. Academy of Management Journal, 38(1), 272-287. doi:10.2307/256736.

Publicado
28-06-2013
Como Citar
Costa, M. R., Galdi, F. C., & Nossa, S. N. (2013). ESTRATÉGIA DE INVESTIMENTOS BASEADA EM ACIDENTES AÉREOS: HÁ RETORNOS ANORMAIS?. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 7(2). https://doi.org/10.17524/repec.v7i2.955
Seção
Artigos