O Impacto da Regulamentação Contábil sobre o Conservadorismo nas Empresas do Setor Elétrico do Brasil

  • Carolina Viguini Cantarela Kaizer FUCAPE BUSINESS SCHOOL
  • Silvania Neris Nossa FUCAPE BUSINESS SCHOOL
  • Aridelmo J. C. Teixeira FUCAPE BUSINESS SCHOOL
  • Ézio C. S. Baptista FUCAPE BUSINESS SCHOOL
  • Valcemiro Nossa FUCAPE BUSINESS SCHOOL
Palavras-chave: Conservadorismo, Regulamentação Contábil, Setor Elétrico

Resumo

O artigo objetiva investigar se a aplicação do Conservadorismo é diferente entre empresas do setor elétrico brasileiro (que sofrem incidência de regulamentação contábil específica) e empresas brasileiras que não sofrem incidência de regulamentação contábil específica. A contabilidade tem sido estudada a partir de sua capacidade de fornecer informações úteis ao processo de decisão dos usuários e isso ocorre por meio das variáveis contábeis. Uma dessas principais variáveis é o lucro contábil. Porém, o conteúdo informacional do lucro pode não refletir a realidade das empresas, pois pode ser influenciado por fatores e características da contabilidade brasileira. Entre esses fatores, pode-se citar a incidência de regulamentação contábil específica. A amostra foi formada com dados coletados de empresas do setor elétrico brasileiro e de empresas brasileiras que não sofrem incidência de regulamentação contábil específica, buscados no banco de dados Economática. Nesta pesquisa, foi utilizado o modelo proposto por Basu (1997). O período analisado compreende dezembro de 1998 a dezembro de 2006. Verificou-se que existe uma menor aplicação do Conservadorismo nas empresas dos outros setores frente às empresas de energia elétrica, evidenciando, portanto, diferença na aplicação do Conservadorismo entre os dois grupos de empresas. Pode-se inferir que a incidência de regulamentação contábil específica pode influenciar a elaboração do lucro contábil e, consequentemente, influenciar a aplicação do Conservadorismo nas empresas estudadas.
Publicado
25-05-2009
Como Citar
Cantarela Kaizer, C. V., Neris Nossa, S., Teixeira, A. J. C., Baptista, Ézio C. S., & Nossa, V. (2009). O Impacto da Regulamentação Contábil sobre o Conservadorismo nas Empresas do Setor Elétrico do Brasil. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 3(1), 1-24. https://doi.org/10.17524/repec.v3i1.37
Seção
Artigos