Revista de Contabilidade e Controladoria (RC&C): análise dos cinco primeiros anos de publicação (2009-2013)

  • Henrique Portulhak Contador do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e Professor Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas do Paraná – FACET e Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL
Palavras-chave: Bibliometria, Pesquisa em Contabilidade, Revista de Contabilidade e Controladoria, Periódicos Científicos.

Resumo

Considerando o importante papel dos periódicos na difusão do conhecimento científico e a atuação destacada dos programas de pós-graduação stricto sensu na manutenção desses veículos de comunicação no Brasil, inclusive na área da Contabilidade, a presente investigação teve por objetivo analisar o perfil das publicações realizadas pela Revista de Contabilidade e Controladoria, periódico mantido pelo Programa de Pós-Graduação em Contabilidade da Universidade Federal do Paraná, ao longo de seus cinco anos de existência. A fim de contribuir para a composição do estado da arte da pesquisa contábil no Brasil, a investigação lançou mão de técnicas de análise bibliométrica para traçar o perfil de publicação do periódico estudado no período entre 2009 e 2013, tomando como base pesquisas realizadas em periódicos com características semelhantes, enfatizando características relacionadas à composição, distribuição institucional e geográfica das autorias, assuntos e linhas de pesquisa predominantes, além das principais abordagens utilizadas com relação ao problema de pesquisa e ao objetivo do estudo. Os resultados obtidos reforçam diversos aspectos observados em pesquisas similares que tiveram como objeto periódicos mantidos por programas brasileiros de pós-graduação em contabilidade, especialmente quanto à composição de autorias, instituições e autores mais profícuos, dessa forma agregando robustez ao cenário que vem sendo demonstrado sobre a contribuição desses veículos para a evolução da pesquisa contábil no Brasil. Além disso, a investigação apresenta peculiaridades e informações específicas que são capazes de revelar o perfil do mais recente periódico contábil brasileiro pertencente a um programa de pós-graduação stricto sensu.

Biografia do Autor

Henrique Portulhak, Contador do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e Professor Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas do Paraná – FACET e Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL
Mestre em Contabilidade pela Universidade Federal do Paraná – UFPR

Referências

Alves, M. T. V. D. (2011). Análise de conteúdo: sua aplicação nas publicações de contabilidade. Revista Universo Contábil, 7(3), pp.146-166.

Araujo, C. A. (2006). Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, 12(1), pp. 11-32.

Araujo, J. D. C. de, Santana, C. M., Araujo, L. M. de, Neto, & Oliveira, D. T. (2013). Revista Enfoque – Reflexão Contábil: uma análise das publicações. Revista Eletrônica do Alto Vale do Itajaí, 2(1), pp. 44-54.

Avelar, E. A., Santos, T. S., Ribeiro, L. M. P. & Oliveira, C. C. de (2012). Pesquisa em contabilidade: uma análise dos estudos empíricos publicados em periódicos nacionais entre 2000 e 2009. Revista Universo Contábil, 8(3), pp..6-23.

Batistella, F. D., Bonacim, C. A. G. & Martins, G. A. (2008). Constrastando as produções da Revista Contabilidade & Finanças (FEA-USP) e Revista Base (UNISINOS). Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 2(3), pp. 84-101.

Biojone, M. R. (2003). Os periódicos científicos na comunicação da ciência. São Paulo: FAPESP.

Cardoso, R. L., Mendonça, O. R. M., Neto, Riccio, E. L. & Sakata, M. C. G. (2005). Pesquisa científica em contabilidade entre 1990 e 2003. Revista de Administração de Empresas, 45(2), pp. 34-45.

Cooper, D. R. & Schindler, P. S. (2003). Métodos de pesquisa em administração (7ª ed.). Porto Alegre: Bookman.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (2014a). Cursos recomendados e reconhecidos. Recuperado em 14 janeiro, 2014 de http://www.capes.gov.br/cursos-recomendados.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (2014b). Qualis Capes. Recuperado em 14 janeiro, 2014 de http://qualis.capes.gov.br.

Dantas, J. A., Silva, C. T., Santana, C. M. & Vieira, E. T. (2011). Padrões de comunicação científica em contabilidade: um comparativo entre a Revista Contabilidade e Finanças e a The Accounting Review. Revista Contemporânea de Contabilidade, 8(16), pp. 11-36.

Espejo, M. M. S. B., Azevedo, S. U., Trombelli, R. O. & Voese, S. B. (2013). O mercado acadêmico contábil brasileiro: uma análise do cenário a partir das práticas de publicação e avaliação por pares. Revista Universo Contábil, 9(4), pp. 6-28.

Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Pós Graduação em Contabilidade. Linhas de Pesquisa. Recuperado em 14 janeiro, 2014 de http://www.fea.usp.br/conteudo.php?i=217.

Grzebieluckas, C., Campos, L. M. S. & Selig, P. M. (2012). Contabilidade e custos ambientais: um levantamento da produção científica no período de 1996 a 2007. Produção, 22(2), pp. 322-332.

Leite, G. A., Filho (2008). Padrões de produtividade de autores em periódicos e congressos na área de contabilidade no Brasil: um estudo bibliométrico. Revista de Administração Contemporânea, 12(2), pp. 533-554.

Leite, G. A., Filho & Siqueira, R. L. (2007). Revista Contabilidade & Finanças USP: uma análise bibliométrica de 1999 a 2006. Revista de Informação Contábil, 1(1), pp. 38-52.

Macedo, M. A. S., Casa Nova, S. P. C. & Almeida, K. (2009). Mapeamento e análise bibliométrica da utilização da análise envoltória de dados (DEA) em estudos em contabilidade e administração. Contabilidade, Gestão e Governança, 12(3), pp. 87-101.

Machado, D. G., Silva, T. P. & Beuren, I. M. (2012). Produção científica de custos: análise das publicações em periódicos nacionais de contabilidade sob a perspectiva das redes sociais e da bibliometria. Contabilidade, Gestão e Governança, 15(3), pp. 3-16.

Martins, G. A., & Theóphilo, C. R. (2007). Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. São Paulo: Atlas.

Oliveira, D. T., Santana, C. M., Araujo, L. M., Neto & Araújo, J. D. C. (2012). Pesquisa em contabilidade no Brasil: estudo bibliométrico de três periódicos. Revista Eletrônica do Alto Vale de Itajaí, 1(2), pp. 65-75.

Oliveira, M. S. (2002). Análise dos periódicos brasileiros de contabilidade. Revista Contabilidade & Finanças, 13(29), pp. 68-86.

Oliveira, R. R. & Carvalho, V. S. de (2008). A produção científica sobre auditoria: um estudo bibliométrico a partir do caderno de indicadores da CAPES no período de 2004 a 2006. Pensar Contábil, 10(42), pp. 12-21.

Peleias, I. R., Wahlmann, G. C., Parisi, C. & Antunes, M. T. P. (2010). Dez anos de pesquisa científica em controladoria no Brasil (1997-2006). Revista de Administração e Inovação, 7(1), pp.193-217.

Perdigão, L. Z., Niyama, J. K. & Santana, C. M. (2010). Contabilidade, Gestão e Governança: análise de doze anos de publicação (1998 a 2009). Contabilidade, Gestão & Governança, 13(3), pp. 3-16.

Pritchard, A. (1969). Statistical bibliography or bibliometrics? Journal of Documentation, 25(4), pp. 348-349.

Revista de Contabilidade e Controladoria. Universidade Federal do Paraná. Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. Curitiba: UFPR. Recuperado em 14 janeiro, 2014 de http://www.ser.ufpr.br/rcc.

Ribeiro, H. C. M. (2012). Brazilian Business Review: um estudo sob a ótica da bibliometria e da rede social de 2004 a 2011. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 2(3), pp. 86-104.

Ribeiro, H. C. M. (2013a, novembro). Estado da arte da Revista Contabilidade Vista & Revista: uma análise da produção acadêmica de 2008 a 2012. Anais do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade, Brasília, DF, Brasil, 4.

Ribeiro, H. C. M. (2013b). Revista Contemporânea de Contabilidade: uma análise do perfil da produção acadêmica durante o período de 2004 a 2012. Revista Contemporânea de Contabilidade, 10(20), pp. 3-28.

Ribeiro, H. C. M. (2013c). Revista de Contabilidade e Organizações: uma análise bibliométrica e de redes sociais de 2007 a 2012. Revista Iberoamericana de Contabilidad de Gestión, 11(22), pp. 1-18.

Ribeiro, H. C. M. (2013d). Características da produção veiculada na Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade no período de 2007 a 2012. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 7(4), pp. 424-443.

Richardson, R. J. (2008). Pesquisa social: métodos e técnicas (3ª ed.). São Paulo: Atlas.

Santos, A. O. dos (2012). Como criar um gráfico com mapa do Brasil no Excel. Guia do Excel. Recuperado em 14 janeiro, 2014 de http://guiadoexcel.com.br/grafico-mapa-do-brasil.

Silva, A. C. B., Oliveira, E. & Ribeiro, J. F., Filho. (2005). Revista Contabilidade & Finanças – USP: uma comparação entre os períodos 1989/2001 e 2001/2004. Revista Contabilidade & Finanças, 16(39), pp. 20-32.

Souza, F. J. V., Silva, M. C., Araujo, A. O. & Silva, J. D. G. (2012). Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ: uma análise de oito anos de publicação (2003 a 2011). REUNIR – Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, 2(3), pp. 69-85.

Spinak, E. (1996). Diccionario enciclopedico de bibliometría, cienciometría e informetría. Caracas: UNESCO.

Taveira, L. D. B., Medeiros, A. W., Camara, R. P. B. & Martins, J. D. M. (2013). Uma análise bibliométrica dos artigos científicos em perícia contábil publicados entre os anos de 1999 e 2012. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, 18(2), pp. 49 -64.

Vanti, N. A. P. (2002). Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, 31(2), pp. 152-162.

Publicado
24-12-2014
Como Citar
Portulhak, H. (2014). Revista de Contabilidade e Controladoria (RC&C): análise dos cinco primeiros anos de publicação (2009-2013). Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 8(4). https://doi.org/10.17524/repec.v8i4.1093
Seção
Artigos