UMA APLICAÇÃO DA TÉCNICA DELPHI NO MAPEAMENTO DAS DIMENSÕES DAS QUALIFICAÇÕES DOCENTES NA ÁREA CONTÁBIL

  • Gilberto José Miranda Professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Silvia Pereira de Castro Casa Nova Professora da Universidade de São Paulo
  • Edgard Bruno Cornacchione Junior Professor titular da Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Ensino. Contabilidade. Qualificações docentes. Técnica Delphi.

Resumo

A avaliação das qualificações docentes tem sido um tema recorrente na literatura e não sem controvérsias. Este estudo se propõe a conhecer e analisar as percepções de um grupo de especialistas da área contábil sobre as dimensões das qualificações docentes consideradas essenciais na educação superior contábil na contemporaneidade, utilizando-se da técnica Delphi. Para tanto, foi formada uma comissão de 21 especialistas nacionais e estrangeiros, com formação heterogênea, representativa das dimensões da qualificação docente que se pretendia analisar. Foram necessárias três rodadas para que se atingisse o consenso. Os resultados indicaram que a qualificação acadêmica ficou composta por fatores relativos à titulação, pesquisa e publicação; a qualificação profissional por fatores relativos à experiência profissional e credenciais; e a qualificação pedagógica por fatores relacionados ao apoio institucional, experiência no ensino e formação continuada. Também pode ser verificado que a formação acadêmica é a formação mais valorizada pela comissão completa, alcançando 46,7% dos especialistas pesquisados.

Biografia do Autor

Gilberto José Miranda, Professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Doutor em Controladoria e Contabilidade (USP)
Silvia Pereira de Castro Casa Nova, Professora da Universidade de São Paulo
Pós-Doutorado em Contabilidade (EAESP-FGV)
Edgard Bruno Cornacchione Junior, Professor titular da Universidade de São Paulo
Livre docente e Doutor em Ciências Contábeis pela USP, Ph.D. em Educação pela Universidade de Illinois

Referências

Almeida, M. I. de, & Pimenta, S. G. (2009). Pedagogia universitária: valorizando o ensino e a docência na Universidade de São Paulo. In: Almeida, M. I. de, & Pimenta, S. G. (Orgs.). Pedagogia universitária. São Paulo: Edusp.

Andere, M. A., & Araújo, A. M. P. (2008, setembro/dezembro). Aspectos da formação do professor de ensino superior de Ciências Contábeis: uma análise dos programas de pós-graduação. Revista de Contabilidade e Finanças, 19(48), pp. 91-102.

Annisette, M., & Kirkham L. M. (2007). The advantages of separateness explaining the unusual profession-university link in English Chartered Accountancy. Critical Perspectives on Accounting, 18(1), pp.1-30.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Diretoria de Informações e Estatísticas Educacionais (2008). Cálculo do Conceito ENADE. Recuperado em 18 agosto, 2011, de http://www.inep.gov.br

Bouillon, M. & Ravenscroft, S. (2010). Undergraduate Preparation and Dissertation Methodologies of Accounting PhDs. over the Past 40 Years. Global Perspectives in Accounting Education, 7, pp.19-29.

Catapan, A.; Colauto, R. D.; Sillas, E.P. (2011). Análise da percepção dos discentes sobre os docentes exemplares de contabilidade em IES públicas e privadas. In: V Congresso da AnpCONT. Anais... Vitória, ES, Brasil.

Cunha, J. V. A. (2007). Doutores em Ciências Contábeis da FEA/USP: análise sob a óptica da teoria do capital humano. Tese de doutorado em Ciências Contábeis, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Departamento de Contabilidade e Atuária, FEA/USP, São Paulo, Brasil.

Cunningham, B. M. (2008, February). Using action research to improve learning and the classroom learning environment. Issues in Accounting Education, 23(1), pp.1-30.

Czinkota, M. R.; & Ronkainen, I. A. (2005). International business and trade in the next decade: report from a Delphi study. Journal of World Business, 40(4), pp.111-23.

Fink, A.; Kosecoff, J.; Chassin, M. & Brook, R. (1984). Consensus Methods: Characteristics and Guidelines for Use. American Journal of Public Health, 74(9), pp. 979-983.

Frecka, T. J.; & Reckers, P. M. J. (2010). Rekindling the Debate: What’s Right and What’s Wrong with Masters of Accountancy Programs: The Staff Auditor’s Perspective. Issues in Accounting Education, 25(2), pp. 215-226.

Geary, W.; Kutcher, E. & Porco, B. (2010). Partnering with Practice: Staffing to Achieve Excellence. Accounting Education, 25(2), pp.199–213.

Giovinazzo, R. (2001). A. Modelo de aplicação da metodologia Delphi pela internet – vantagens e ressalvas. Administração On Line, 2(2).

Grisham, T. (2009). The Delphi technique: a method for testing complex and multifaceted topics. International Journal of Managing Projects Business, 2(1), pp. 112-130.

Harmer, B. M. (2009). Teaching in a contextual vacuum: lack of prior workplace knowledge as a barrier to sense making in the learning and teaching of business courses. Innovations in Education and Teaching International, 46(1), pp. 41-50.

Heijden, B. I. J. M. (2003). Organizational influences upon the development of occupational expertise throughout the career. International Journal of Training & Development, 7(3), pp. 142–165.

Kachelmeier, S. J. (2002). Defense of accounting education. The CPA Journal, 72(10).

Libâneo, J. C. (2009). Conteúdos, formação de competências cognitivas e ensino com pesquisa: unindo ensino e modos de investigação. Cadernos de Pedagogia Universitária, São Paulo, Edusp, 11.

Lopes, A. B; & Martins, E. (2005). Teoria da Contabilidade: uma nova abordagem. São Paulo: Atlas.

Lowman, J. (2007). Dominando as técnicas de ensino. São Paulo: Atlas.

Machado, N. J. (2011). Educação - Microensaios em mil toques. Vol. III. São Paulo: Escrituras Editora.

Marshall, P. D., Dombrowski, R., Garner, M., & Smith, K. (2010, June). The Accounting Education Gap. The CPA Journal, 80(6), pp. 6-10.

Martins, G. A. & Theóphilo, C. R. (2007). Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas. São Paulo: Atlas

Masetto, M. T. (2003). Competência Pedagógica do Professor Universitário. São Paulo: Summus.

Miley, F. (2009, august) The storytelling project: innovating to engage students in their learning. Higher Education Research & Development, 28(4), pp. 357-369.

Miranda, G. J., Casa Nova, S., & Cornacchione, E. (2012, maio/agosto). Os saberes dos professores referência no ensino de Contabilidade. Revista de Contabilidade & Finanças, 23(59), pp.142-153.

Miranda, G. J. (2010, maio/agosto). Docência universitária: uma análise das disciplinas na área da formação pedagógica oferecidas pelos programas de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis. REPEC, 4(2), pp. 81-98.

Njoku, J. C., Heijden, B. I. J. M., & Inanga, E. L. (2010). Fusion of expertise among accounting faculty: Towards an expertise model for academia in accounting. Critical Perspectives on Accounting, 21(1), pp. 51–62.

Pierre, K. St., Wilson, R. M. S., Ravenscroft, S. P., Rebele, J. E. (2009, May).The role of accounting education research in our discipline - an editorial. Issues in Accounting Education, 24(2), pp. 112-130.

Ruff, M., Thibodeau, J. C., & Bedard, J. C. (2009, March). A Profession's Response to a Looming Shortage: Closing the Gap in the Supply. Journal of Accountancy, 207(3), pp. 36-40.

Shulman, L. S. (2005). Conocimiento y enseñanza: fundamentos de la nueva reforma. Profesorado. Revista de Currículum y formación del profesorado, 9(2), pp. 1-30.

Shulman, L. S. (1986). Those Who Understand: Knowledge Growth in Teaching. Educational Researcher, 15(2), pp. 4-14.

Slomski, V. G. (2009). Saberes que fundamentam a prática pedagógicas dos professores de Ciências Contábeis. Revista Brasileira de Contabilidade, 39(180), pp. 119-140.

Slomski, V. G., & Martins, G. A. (2008, outubro/dezembro). O conceito de professor investigador: os saberes e as competências necessárias à docência reflexiva na área contábil. Revista Universo Contábil, Blumenau, 4(4), pp. 06-21.

The Association to Advance Collegiate Schools of Business. (2010a). Data and Research. Recuperado em 20 agosto, 2010, de http://www.aacsb.edu/dataandresearch/reports/default.asp..

The Association to Advance Collegiate Schools of Business. (2010b). Accreditation. Eligibility Procedures and Accreditation Standards for Business Accreditation. Recuperado em 20 agosto, 2010, de http://www.aacsb.edu/~/media/C7E5BE54802D4787A3BF227188E0C3BB.ashx.

The Association to Advance Collegiate Schools of Business. (2010c). Publications: AQ/PQ Status: Establishing Criteria for Attainment and Maintenance of Faculty Qualifications—An Interpretation of AACSB Standards. Recuperado em 20 agosto, 2010, de http://www.aacsb.edu/publications/papers/.

Trapnell, J. E., Mero, N., Williams, J. R., & Krull Jr, G. W. (2009, November). The Accounting Doctoral Shortage: Time for a New Model. Issues in Accounting Education, 24(4), pp. 427–432.

Vianna, N. W. H. (1989). Subjetividade no processo de previsão. São Paulo, 1989. Tese (Doutorado em Administração) - Programa de Pós-Graduação em Administração, Departamento de Administração, Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo.

Volpato, G. (2009). Marcas de profissionais liberais que se tornaram professores-referência. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, 90(225), pp. 333-351.

Publicado
21-05-2014
Como Citar
Miranda, G. J., Casa Nova, S. P. de C., & Cornacchione Junior, E. B. (2014). UMA APLICAÇÃO DA TÉCNICA DELPHI NO MAPEAMENTO DAS DIMENSÕES DAS QUALIFICAÇÕES DOCENTES NA ÁREA CONTÁBIL. Revista De Educação E Pesquisa Em Contabilidade (REPeC), 8(2). https://doi.org/10.17524/repec.v8i2.1009
Seção
Artigos